MARÍLIA / SP - quarta-feira, 23 de maio de 2018

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DA OSTEOARTRITE

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DA OSTEOARTRITE

Com o aumento da espectativa de vida, cresce também  o número de pacientes que têm dores crônicas nos joelhos e no quadril. Muitas destas pessoas tomam uma grande quantidade de analgésicos, anti-reumáticos, além de usar joelheiras e fazer fisioterapia. Às vezes, estes recursos não apresentam melhora e  os pacientes procuram tratamentos como a Acupuntura, com bem menos efeitos colaterais, além da terapia ficar mais barata.

Em um estudo realizado na Universidade de Berlim, Alemanha, a pesquisadora. Claudia M. Witt e colaboradores, investigaram a eficácia da Acupuntura, combinada a cuidados rotineiros, comparados à terapias isoladas no tratamento de pacientes portadores de dor crônica causada por aquelas lesões articulares.

No ensaio clínico randomizado e controlado, pacientes portadores de dor crônica causada pela osteoartrite de joelho ou quadril, foram aleatoriamente divididos para serem submetidos a 15 sessões de Acupuntura por três meses ou ao grupo controle, que não foi tratado com Acupuntura.

Todos os pacientes receberam cuidados médicos rotineiros, combinados ao tratamento em estudo. A gravidade clínica da osteoartrite foi medida com os seguintes testes (Western Ontario e McMaster Universities Osteoarthritis Index -WOMAC); e a qualidade de vida relacionada à saúde (Short Form 36]), foram avaliadas no início do estudo após três e seis meses de tratamento.

EFICÁCIA CLÍNICA

No total, 3.633 pacientes (idade=61,8+10,8 anos;61% do sexo feminino), foram incluídos no estudo, sendo que 357 pacientes alocados no grupo submetido à Acupuntura, e 355 constituíram o grupo controle; 2.921 pacientes foram alocados ao grupo submetido à Acupuntura sem randomização. Após três meses, WOMAC melhorou, em média, 17,6 + 1,0 no grupo submetido à Acupuntura, e 0,9+1,0 no grupo controle (escores de três meses: 0,5+1,0 e 47,3+1,0, respectivamente [diferença de melhora: 16,7+1,4; P<0,001]).

Da mesma forma, melhoras da qualidade de vida foram mais significativas no grupo submetido à Acupuntura, comparado ao grupo controle (P<0,001). O sucesso do tratamento foi mantido durante seis meses. Alterações da evolução em pacientes não randomizados foram comparáveis aos resultados obtidos em pacientes randomizados ao tratamento com Acupuntura.

Portanto, os pesquisadores concluíram que a Acupuntura associada a cuidados rotineiros, proporciona eficácia clínica significativa em pacientes portadores de dor crônica, associada à osteoartrite de joelho ou quadril.

Fonte: Arthritis & Rheumatism 2006;54:3485-3493